Callan for Kids

Regulamento

Queremos a proteção dos nossos jovens e crianças.

Por tal, temos o mesmo pensamento da Callan Method Organisation Limited (CMO) expresso na Política de Proteção de Menores.

Para mostrar que seguimos essa política, mostramos abaixo o regulamento específico:

É nossa politica a salvaguarda e protecção do bem-estar das crianças e jovens ao nosso cuidado contra quaisquer formas de abuso.

Estamos empenhados em criar um ambiente seguro em que crianças e jovens envolvidos em qualquer dos programas da CMO se sintam felizes, confortáveis e seguros.

Defendemos que todos os funcionários, independentemente da sua função, têm o dever de proteger as crianças e promover seu bem-estar. As nossas políticas são aplicadas a toda a comunidade escolar: todo o pessoal docente e não docente, estudantes/alunos e voluntários em desempenho de funções e/ou a visitar a escola.

Evitamos o acesso não supervisionado às crianças e jovens por adultos que não submetidos a rigoroso controlo sobre as suas aptidões e historial profissional.

Vigoram específicos procedimentos para identificação e notificação de casos de suspeita de dano ou risco de danos às crianças, e garantimos que todos os funcionários estão cientes de tais procedimentos.

Estão em prática medidas para facilitação e promoção do uso seguro das tecnologias ao nosso cuidado.

Asseguramos o cumprimento de todas as obrigações morais e legislação estatutária relativa à proteção dos menores e efetuamos respectiva monitorização e avaliação das práticas e procedimentos de salvaguarda e proteção.

Regulamento traduzido do inglês.

Orientações

Directrizes

Os funcionários comprometem-se em tratar os jovens com respeito e dignidade, reconhecendo e valorizando-os individual e imparcialmente, reprovando quaisquer tipos de conduta ou comportamento incorrectos.

Contacto Físico

Deve evitar-se o contato físico e nunca empreender em quaisquer provocações sexuais ou realizar desnecessárias ações de caráter pessoal; nunca aceitar ofertas ou qualquer tipo de pagamento da parte dos alunos; não partilhar informação pessoal ou estabelecer comunicação intíma.

Ser o Exemplo

Os funcionários devem providenciar exemplo recorrendo ao uso de linguagem apropriada, respeitando os direitos individuais de privacidade e denunciando quaisquer comportamentos inapropriados.

Contacto Cara-a-Cara

Os funcionários devem evitar incorrer em situações em que fiquem sozinhos ou isolados com a criança. Na necessidade de acompanhamento individual deve ser mantida a máxima abertura e transparência de procedimentos.